Barra de Navegação - Superior | Página inicial | A Casa do Caminho | Lar do Caminho | Isabel Salomão de Campos | Editora e Livraria | Colegio Allan Kardec
Barra de Navegação - Inferior | Atividades | Doutrina Espírita | Fale conosco | Programa Seara Espírita
Página inicial A Casa do Caminho Lar do Caminho Isabel Salomão de Campos Editora e Livraria Colégio Allan Kardec Eventos Doutrina Espírita Fale conosco Programa Seara Espírita
 
Isabel Salomão de Campos
Isabel Salomão de Campos
Progresso Espiritual
Voltar a Viver
O Bem
Guerra
Sentimento Feminino
Vivência das Leis de Deus
Mediunidade na Infância
Alcançar a Paz
Espiritismo, A Lente da Verdade
Mundo de Regeneração
 
Isabel Salomão de Campos
Isabel Salomão de Campos nasceu em Rochedo de Minas, Minas Gerais, em 22 de setembro de 1924. Filha dos libaneses Sr. Nagib Salomão e D. Chaíde Chible Salomão, cresceu junto a nove irmãos. Já em seu nono ano de vida, surgiram as primeiras manifestações mediúnicas.

Na escola, distinguiu-se, demonstrando responsabilidade e visão além daquela favorecida pela vida no campo. O respeito que nutria por seus deveres e pelos direitos do próximo faziam-na uma jovem especial, que despertava grande admiração. Findo o curso primário, manifestou o desejo de educar as crianças da redondeza. Tendo seu pai ao lado, D. Isabel construiu carteiras e paredes, conscientizando a vizinhança da importância dos estudos e alfabetizando inclusive os adultos da região.

Com a ajuda da família, aos 14 anos, ergueu a Escola Rural Mista Bom Jardim. Logo em seguida, foi nomeada pelo município, chamando a atenção dos inspetores escolares por sua habilidade com a turma, principalmente em se tratando de classe multiseriada (três séries em uma única turma). Aos 17 anos, mudou-se com a família para Juiz de Fora, e A jovem Isabel foi trabalhar no Instituto de Laticínios "Cândido Tostes", onde, através da ilustre figura de Dr. Vicentino Mazzini, ouviu falar pela primeira vez em Espiritismo.

Começou, então, a participar efetivamente das reuniões espíritas, constatando que tudo o que se a apresentava ela já conhecia e que as "coisas" que via e ouvia desde a infância eram presenças de espíritos.

Em 1947, casou-se com Ramiro Monteiro de Campos, militar, professor e advogado.
Após o nascimento da filha, transferiram-se para Fortaleza, levando também o filho adotivo. Retornaram três anos depois. A família crescia, o terceiro filho nascera em Fortaleza e, mais tarde, outros dois, em Juiz de Fora. De 58 anos de um casamento feliz, teve cinco filhos, onze netos e dois bisnetos.

Proprietária de uma butique, via sua loja diariamente repleta de pessoas que para lá se dirigiam, a fim de ouvi-la. Por orientação espiritual, deveria escolher entre a profissão e o trabalho espiritual, não que ao espírita tal fato não seja permitido; era especificamente o seu caso. Disse-lhe o mentor: "Seja qual for a sua opção, você será bem sucedida". E ela optou: fechou a butique e foi atender o povo sofrido e desalentado. Nascia um trabalho que é realizado até hoje, o de orientação às pessoas carentes de esclarecimento e aos corações angustiados e deprimidos, que chegam dos mais variados lugares do país, perfazendo um atendimento a mais de cento e oitenta mil pessoas nestes 60 anos de trabalho.

Da "A Casa do Caminho" brotaram frutos, o Lar do Caminho, que sem subvenção governamental acolhe e educa meninos em situação de risco há mais de 25 anos, garantindo-lhes, gratuitamente, total assistência, desde o vestuário até a cultura acadêmica, aliada à formação moral de cada um deles; o Núcleo do Caminho, implantado na cidade do Rio de Janeiro, transferido depois de 15 anos para nossa Casa, onde acontece nos terceiros domingos de cada mês, atendendo pessoas de outras localidades; a Editora J. Herculano Pires, com 11 livros publicados; Ponto de Luz, livraria espírita, com duas unidades em Juiz de Fora; Colégio Allan Kardec, escola particular que oferece educação infantil e ensino fundamental, cujo maior desafio é o de educar homens e almas; O Timoneiro, órgão informativo da Comunidade e instrumento de divulgação da Doutrina Espírita, com uma tiragem de 4000 exemplares; Programa Semanal Seara Espírita, veiculado pela NET - TV Cidade; Centro de Estudos "Leon Denis", objetivando o estudo sistematizado do Espiritismo; Reunião da Área de Saúde, a qual, por mais de 15 anos, recebeu profissionais da área, orientando-os junto ao doente; mais tarde deu origem à Associação Espírita dos Profissionais da Área de Saúde- Zona da Mata Mineira, da qual é sócia fundadora.

D. Isabel recebeu títulos e comendas, entre elas, Comenda Daniel Pinto Corrêa da Associação Comercial de Juiz de Fora; Título de Cidadã Honorária; Comenda Henrique Halfeld e do Sesquicentenário de Juiz de Fora, entregue a 150 personalidades, inclusive pós mortém, sendo a única presença feminina como pessoa física, em 2004; Troféu Mulheres do Novo Século; Troféu Voluntário das Gerais, pela Fiemg, na cidade de Ouro Preto. Lançou o CD Momentos de Paz e Jesus Amigo, é autora de três livros e inúmeros artigos. Sua vida e sua obra se confundem.

Todo seu trabalho tem como finalidade, no sentido mais amplo da expressão, o bem estar social com a manutenção e ampliação da assistência às camadas menos favorecidas da nossa sociedade, distribuindo mensalmente 4,5 toneladas de alimentos. Sua mediunidade de cura é alvo do interesse de vários segmentos, tendo sido apresentada por duas vezes no Globo Repórter e igualmente no Fantástico, programas veiculados pela Rede Globo de Televisão. É convidada por jovens, professores, empresários e médicos para proferir palestras. Rompendo os limites das naturais necessidades do ser humano, dedica mais de 10 horas do dia ao trabalho junto ao povo, atendendo todos que batem à porta da "A Casa do Caminho", que se mantém aberta diuturnamente, por um ideal seu, pois esclarece que a dor não tem dia nem hora. Orienta pessoalmente cada setor desta Comunidade desde a sua fundação.

Foi pioneira ao criar, em 1979, o Plantão de Socorro Espiritual, que com uma equipe de plantonistas devidamente preparados por ela, atende diariamente mais de 500 ligações em suas 24h de pleno funcionamento.



"O que me deixa feliz," diz D. Isabel, "é que tudo isso acontece por causa do Evangelho de Jesus".

 
Twitter: @acasadocaminho
 
Comunidade Espírita A Casa do Caminho - Rua Almirante Barroso, 139 - Paineiras - 36016-130 - Juiz de Fora - Minas Gerais - Telefone (32) 3216-9616 - email: acasadocaminho@acasadocaminho.org.br Twitter | Facebook
Desenvolvido por Asther ProdutoraWeb